MINUTO DE REFLEXÃO – 16/01/2018